INSPIRE-SE:
QUARTOS INFANTIS COMPARTILHADOS ENTRE IRMÃOS
Disponível em 12 Dez 2016
DICA:
USANDO ESPELHOS PARA AMPLIAR AMBIENTES PEQUENOS
09 Dez 2016
UPCYCLING:
SUSTENTABILIDADE AO REUTILIZAR OBJETIS E MATERIAIS
05 Dez 2016
FAÇA VOCÊ MESMO
MOLDURA PARA QUADRO USANDO CARTOLINA
05 Dez 2016

17/12/2016

Greenery: A cor de 2017 segundo a Pantone

Renata Bastos





A Pantone anunciou qual vai ser a cor tendência de 2017: Greenery, um tom de verde folha bem lindo. É de se esperar que 2017 venha recheado com várias referências a esse tom.
Greenery: A cor de 2017 segundo a Pantone
A Pantone é uma empresa americana conhecida pelo seu sistema de cores bastante utilizado na indústria gráfica.
Greenery segundo a Pantone:
Greenery é uma cor refrescante e revitalizante, o símbolo de novos começos. Grenery é um verde-amarelo que evoca os primeiros dias da primavera, quando o verde volta a aparecer, restaurado e renovado. Greenery é a natureza neutra. Quanto mais as pessoas estão submersas na vida moderna, maior será o desejo de mergulhar na beleza física e na unidade inerente do mundo natural.
Vocês podem ver mais sobre a cor Greenery no próprio site da Pantone.

Que tal ver mais inspirações de ambientes que fazem referência a cor do ano de 2017? :)

Greenery: A cor de 2017 segundo a Pantone

Greenery: A cor de 2017 segundo a Pantone
Greenery: A cor de 2017 segundo a Pantone
Greenery: A cor de 2017 segundo a Pantone
Se você gostaria de pintar algum ambiente com essa cor, é ideal tomar um certo cuidado na hora de escolher quais paredes serão pintadas. Se usada em todas as paredes do ambiente, você pode acabar enjoando do local muito rápido. É legal usar a cor pra dar destaque a algo. Quer uma parede com uma composição de quadros bem bonita? Pinta a parede com essa cor pra criar um destaque à essa composição.

Não gosta de paredes coloridas? Você pode ter um ambiente neutro e usar a cor na decoração, como nas almofadas, tapetes, lençóis, nos centros de mesa, cortinas, nas portas dos móveis, vasos com plantas. As opções são infinitas. Você que escolhe.

Gostaram da cor? E aí, em qual ambiente da casa vocês usariam essa cor?

08/12/2016

Inspire-se: Quartos infantis compartilhados entre irmãos

Renata Bastos





Está sem ideia para o quarto dos seus filhos? Se inspire nesses quartos infantis compartilhados entre irmãos. É muito comum os irmãos dividirem o mesmo espaço quando crianças, tanto pela falta de mais um cômodo na casa, ou por escolha dos pais. Atualmente os apartamentos também estão ficando cada vez menores e, compartilhar o quarto dos filhos é uma ótima solução para o pouco espaço disponível.

Há três situações em quartos compartilhados entre irmãos: quando os quartos são para meninas, para meninos e quando são para um menino e uma menina.

A partir daí você pode começar a definir o partido e o tema do projeto pro quarto dos seus filhos. Os quartos terão alguma delimitação de espaço pra cada um? O quarto terá uma cor específica pra cada filho? O quarto será um espaço neutro, sem delimitação de espaço pra cada um? Será um quarto colorido ou um quarto mais sóbrio com cores nos objetos de decoração? A personalidade de cada filho será inserida no projeto? Cabe aos pais fazer essa escolha e, a partir daí, o projeto do quarto dará início.

Segue algumas inspirações de quartos compartilhados entre irmãos:
Quartos infantis compartilhados entre irmãos
Nas imagens acima, foi escolhido delimitar o espaço de cada filho de acordo com uma cor. Isso pode ser feito com o jogo de cama, com papel de parede, adesivos e tecidos, cortinas, tapetes, quadros, e até com a cama de cada cor. As opções são infinitas.
Quartos infantis compartilhados entre irmãos
Também há a opção de não fazer essa delimitação do espaço como pode ser visto nas imagens acima.
Para quartos pequenos, uma das soluções é encostar as camas nas paredes e colocar um criado mudo entre elas, pois vai servir de apoio para os dois filhos. Caso tenha mais espaço no quarto, pode colocar os criados mudos ao lado de cada cama e entre elas também.
Quartos infantis compartilhados entre irmãos
Opção de quartos para meninas mas, com pequenas modificações, poderiam ser para meninos, ou para os dois, mudando apenas o jogo de cama.
Quartos infantis compartilhados entre irmãos

Quartos infantis compartilhados entre irmãos
Outra solução para quartos infantis pequenos é o uso de beliche, levando em consideração o pé direito do quarto. Não é uma solução que me agrada tanto, pois, em alguns casos, não é nada cômodo pra criança ter que subir e descer todos os dias da cama. Se o quarto for pequeno, você pode escolher cores claras para as paredes e para a marcenaria, pois cores claras dão a impressão de espaço amplo.

Em quartos maiores, há uma maior liberdade para escolher a disposição das camas e dos móveis.

Gostou das inspirações e das dicas para quartos infantis? Comenta aqui embaixo qual o seu quarto preferido.

Todas as imagens desse post foram retiradas do Pinterest. Se algum desses projetos ou fotografias te pertencem e você gostaria que ele fosse retirado ou creditado aqui no site, entre em contato através do email: dicasarqedecor@gmail.com.

Usando espelhos para ampliar ambientes pequenos

Renata Bastos





Já  pensou em usar espelhos para ampliar ambientes pequenos? Existem diversas maneiras de fazer com que um ambiente pequeno pareça maior. Hoje você vai ver que o espelho deixou de ser apenas usado nos banheiros ou como peça decorativa, e que ele pode ser o seu aliado na hora de dar amplitude para algum ambiente.

Dica 1: Invista em grandes peças de espelho para ter uma maior sensação de amplitude.
Espelhos para ampliar ambientes pequenos
Na imagem acima é mostrado uma situação em que o posicionamento da mesa de jantar não ajuda para a ilusão de amplitude do espaço. Na primeira imagem a mesa está posicionada de forma paralela ao espelho. Já na segunda, a mesa está numa posição perpendicular em relação a mesa, o que cria a sensação de amplitude pois, dessa maneira, o reflexo fez com que a mesa parecesse maior, além de ter a ilusão de ter mais cadeiras. Ou seja, a sala de jantar está parecendo ser maior.

Dica 2: Não se prenda aos modelos simples de espelho. Você pode usá-los com molduras de diferentes tipos e acabamentos ou fazer mosaicos com eles.
Fiz algumas imagens pra poder mostrar a diferença de um ambiente com espelho e sem espelho. Todos os ambientes foram feitos no SketchUp e renderizados de forma rápida no Kerkythea.

Sala de estar sem espelho
Espelhos para ampliar ambientes pequenos

Sala de estar com espelho
Espelhos para ampliar ambientes pequenos
Percebem a diferença? O uso do espelho na sala acabou duplica o tamanho dela. 

Dica 3 - Não exagerem no uso de espelhos por ambiente. O uso excessivo pode acabar fazendo com que o usuário acabe se sentindo desconfortável com tantos reflexos.
 Vejam outro exemplo de uso de espelhos para ampliar ambientes pequenos:

Quarto sem espelho 
Espelhos para ampliar ambientes pequenos

Quarto com espelho
Espelhos para ampliar ambientes pequenos
Olha como um quarto pequeno passa a ter a sensação de quarto maior só com o uso de espelhos nas portas do guarda-roupa. 

Caso o guarda-roupa não tivesse espelho, ele poderia ser usado acima da cabeceira da, pois também criaria a ilusão de amplitude no quarto.

Dica 3 - Coloque os objetos que você quer dar mais destaque e chamar atenção na frente do espelho. 
Gostaram das dicas de usar espelhos para ampliar ambientes pequenos? 

Todas as imagens foram feitas por mim no SketchUp e renderizadas no Kerkythea (render de 5 minutos no máximo). 

05/12/2016

Kerkythea para iniciantes: Primeiros passos e dicas essenciais

Renata Bastos







Agora no Arq & Décor você encontra dicas de Kerkythea para iniciantes. Quem é da área sabe que uma boa imagem agrega um grande valor ao projeto. Porém, uma boa imagem não faz com que o seu projeto seja bom. :)

Para alunos de Arquitetura ou Design, o Kerkythea é uma mão na roda. Pois você consegue ter uma boa imagem com uma renderização feita em poucos minutos. Quem quiser uma imagem mais realista, tem que estar ciente que o render vai demorar, e se for uma imagem interna, com vários materiais e objetos diferentes, vai demorar ainda mais. 

Antes de seguir as dicas que serão dadas aqui, tenha instalado em seu computador o Kerkythea com todas as bibliotecas instaladas além do SketchUP. :)

Dica 1: Sempre use "metros" como unidade de medida a ser usada no SketchUP. O Kerkythea trabalha com a unidade de medida 1kt que equivale a 1 metro.  Então se você trabalha em metros no SketchUP, é como se estivesse trabalhando na própria unidade do Kerkythea. Caso você não saiba qual a unidade de medida que está usando, é só seguir o passo abaixo:
Kerkythea para iniciantes - Primeiros passos
Pra ver todas as imagens ampliadas é só abrir a abri-las em uma nova guia, ou clicar na bolinha do mouse em cima dela. 

Dica 2: Pra evitar qualquer problema na hora da renderização, aplique texturas ou cores numa face real. Ou seja, na face branca da modelagem.
Kerkythea para iniciantes - Primeiros passos
 É só clicar com o botão direito do mouse em cima da face que você quer inverter.

Dica 3: Caso você baixe algum objeto da Warehouse e está na dúvida se ele foi feito na face correta, é só clicar em Monocromático. O SketchUP vai tirar todas as texturas da sua modelagem e você vai poder ver se tem alguma textura aplicada em face inversa. Olha o exemplo abaixo:
Kerkythea para iniciantes - Primeiros passos
Kerkythea para iniciantes - Primeiros passos
Quando clicar em Monocromático você verá se tem alguma face invertida. Caso haja alguma é só aplicar a Dica 2 aqui do post.
Kerkythea para iniciantes - Primeiros passos
Pra voltar com as texturas, é só clicar em Sombreado com Texturas. Como você inverteu a face do outro material, você terá que aplicar a textura novamente nele.

Você encontra essa opção na barra de ferramentas:
Kerkythea para iniciantes - Primeiros passos
Dica 4: Encontre o melhor enquadramento para sua imagem. Nesse momento, tem que baixar o espírito fotógrafo em você pra posicionar a câmera da melhor maneira. Dessa forma você vai conseguir mostrar o melhor do ambiente através das imagens. 

Dica 5: Pra conseguir um enquadramento melhor, você pode fazer através do Field of View. Você posiciona a câmera onde você quiser, depois clica na letra "Z" e digita um número qualquer (tira a mão do mouse nesse momento, ok?). Isso é uma boa opção pra quando você tem ambientes pequenos e não consegue posicionar a câmera de uma forma legal sem ficar dentro de uma parede. Porém eu não gosto muito do Field of View porque às vezes, dependendo do número que você coloque, o ambiente fica distorcido, sabe? Tira a proporção do ambiente e quem olha pra imagem, sabe que ela foi "esticada". Eu vejo muitas pessoas usando esse artifício em banheiros, e fica mega estranho, porque o banheiro fica super alongado, e dá a impressão de ter um tamanho fora da realidade. Mostrei como usar o Field of View nas imagens abaixo.

No exemplo abaixo a sala que eu fiz é bem pequena, e essa é a única posição da câmera que eu consigo sem ficar nenhuma parede na minha frente: 
Kerkythea para iniciantes - Primeiros passos
Eu apertei a letra "Z" e abaixo ele mostra o campo de visão da imagem. Como dá pra ver, ele tá com 35.00 graus

Pra aumentar o campo de visão da imagem, é só apertar na letra "Z" e logo em seguida digitar um número que você queira. Pra imagem abaixo eu coloquei "50".
Kerkythea para iniciantes - Primeiros passos

E agora com 70 graus:
Kerkythea para iniciantes - Primeiros passos
Percebem a distorção que fica na imagem? O valor varia de acordo com o ambiente. Pra essa sala, até 50 graus é um valor aceitável pra não haver distorção. Porém, ainda assim, eu não consigo visualizar a sala por completo. Em outro post vou ensinar outro truque a vocês que não distorce a imagem e fica melhor de criar as cenas para o Kerkythea. 

Dica 6: Não aplique a mesma cor em diferentes objetos no SketchUP se você quer que eles tenham acabamentos diferentes no Kerkythea. Exemplo: Se você tem um espelho num ambiente e pinta ele de uma cor cinza e aplica a mesma tinta em qualquer outro material, na hora de editar o material lá no Kerkythea, todos os outros objetos que estão com essa mesma cor também irão ficar como espelhos. Então fiquem atentos. :) 
Se você tem materiais iguais para serem renderizados, como por exemplo: vários computadores, a mesma cor e textura podem ser aplicadas a fim de acelerar o processo de ajuste de material no Kerkythea.
Dica 7: Se você for usar luz natural no seu render, é importante que você posicione sempre a sombra no SketchUP.

Dica 8: Antes de partir pro Kerkythea, é necessário criar uma cena do que você quer mostrar no SketchUP. Se você quiser mostrar o ambiente de outros ângulos, é só ir criando outras cenas. Vá para o Kerkythea com todos os ângulos que você quer renderizar já criados no SketchUP, pois facilita bastante na hora do render. Ajustar o ângulo no Kerkythea pode ser bem chato.
Kerkythea para iniciantes - Primeiros passos

Esses foram só alguns primeiros passos e dicas essenciais do Kerkythea para iniciantes. Fiquem ligados aqui no blog que, uma vez na semana, você encontrará dicas e truques novos para o Kerkythea.

Gostou das dicas? Tem algum truque indispensável na hora de usar o Kerkythea?

Upcycling: sustentabilidade ao reutilizar objetos e materiais

Renata Bastos





A prática do upcycling vem ganhando força, pois é uma forma de trazer a sustentabilidade para o projeto com soluções mais baratas.

Muitos confundem o upcycling com reciclagem mas, diferente da reciclagem, onde o objeto passa por processos químicos e físicos, ou seja, se destrói o material para construir algo novo, o upcyling tem o conceito de transformar materiais ou resíduos que seriam descartados e transformá-los, fazendo com que seja utilizado de outra maneira. Ou seja, o material é reutilizado.
O objetivo é evitar o desperdício de um material ou objeto que tem grande potencial de ser utilizado com uma função diferente, além é claro, de ajudar o meio ambiente e, como consequência, diminuir o lixo produzido.

Veja alguns exemplos de materiais que você consegue reutilizar:

Upcycling: A arte de reutilizar
Upcycling: A arte de reutilizar
Upcycling: A arte de reutilizar
Pallets são usados para o transporte ou armazenamento de carga. Por conta disso, ele acaba se tornando um produto muito barato. As opções de reutilização com pallets são infinitas. É importante ficar atento a qualidade e acabamento dos pallets na hora da compra. O legal desse material é que qualquer pessoa consegue manuseá-lo e transformá-lo.

As possibilidades são muitas como dá pra visualizar acima: dá pra fazer mesa de centro, cama, jardim vertical, piso elevado em alguma parte da casa, sofá e até painel de televisão. O acabamento fica a sua escolha.

Upcycling: A arte de reutilizar
Upcycling: A arte de reutilizar
Upcycling: A arte de reutilizar
Upcycling: A arte de reutilizar
Que tal mudar um pouco o jardim da sua casa com essas opções usando pneus? As opções também são variadas. Dá pra fazer diversos centros de mesa, criado mudo, puffs e até uma caminha para o seu pet. 


Upcycling: A arte de reutilizar
Upcycling: A arte de reutilizar
Upcycling: A arte de reutilizar
Outro objeto bastante utilizado na hora de reutilizar, é a garrafa. Tanto a garrafa pet quanto a de vidro podem ser transformadas. Com a garrafa pet dá pra fazer puff, jardim vertical, porta trecos e muito mais. Já as garrafas de vidro podem ser utilizadas como objetos decorativos, é só pintar do jeito que você quiser, podem ser usadas também como vasos de flores pra deixar o ambiente mais aconchegante, ou como decoração de festas, e até como saboneteira. Bacana, né?

Upcycling: A arte de reutilizar
Upcycling: A arte de reutilizar
Upcycling: A arte de reutilizar
Upcycling: A arte de reutilizar
As latas também podem ser utilizadas no upcycling. Olha quantas inspirações bacanas acima. Dá pra fazer luminárias, bancos, jardim vertical, vasos e muito mais.

Esses são só alguns dos materiais mais utilizados no upcycling, pois são bem fáceis de achar. O legal é abusar da criatividade e colocar a sua personalidade no que você for criar. 

Vamos começar a pensar duas vezes antes de jogar algo no lixo? Será que ele pode ser reutilizado de outra maneira?

Vocês já tinham ouvido em upcycling?

Todas as imagens desse post foram retiradas do Pinterest. Se algum desses projetos ou fotografias te pertencem e você gostaria que ele fosse retirado ou creditado aqui no site, entre em contato através do email: dicasarqedecor@gmail.com.

Coprights @ 2016, Blogger Templates Designed By Templateism | Templatelib | Distributed By Blogger Templates

Designed by Freepik